Departamentos Técnicos

Voltar
Citologia

A citologia cérvico-vaginal ou exame de Papanicolaou é apenas um teste de rastreamento do câncer de colo, embora seja um componente crítico na sua detecção. Este teste apresenta uma baixa taxa de erro, porém chega a ser significante. Os clínicos devem ficar atentos ao falso senso de segurança gerado por um resultado negativo.

Os resultados negativos não garantem a ausência de câncer cervical e o exame não substitui os cuidados clínicos. O médico deve decidir como seguir ou tratar o paciente de acordo com os achados clínicos e o grau de risco da doença As lesões visíveis e suspeitas devem ser biopsiadas e os sintomas clínicos não devem ser ignorados mesmo se o resultado do exame for absolutamente normal.

Na verdade, a citologia cérvico-vaginal é comprovadamente eficaz no seu papel de reduzir a mortalidade associada ao câncer cervical. Não foi inventado até hoje outro teste que seja capaz de erradicar o câncer embora se saiba que este não é perfeito. É virtualmente impossível evitar os diagnósticos falso-negativos, mesmo porque 10% dos cânceres cervicais são indetectáveis

Infelizmente algumas mulheres irão desenvolver a doença embora tenham se submetido sistematicamente ao teste de rastreamento. Entretanto muitas destas mulheres podem ter passado por processos inadequados de rastreamento e o exame citológico pode não ter sido adequadamente examinado.

Existem alguns cuidados que podem ajudar a prevenir este desenrolar trágico. Primeiramente e talvez o mais importante é que todas as mulheres devem se submeter a exames citológicos regulares, mesmo possuindo uma longa história pregressa de exames normais. As mulheres devem ser informadas que o teste apresenta falhas.

Elas devem possuir pelo menos três testes consecutivos anuais, satisfatórios e negativos antes de passarem para a etapa de acompanhamento de acordo com critérios clínicos adotados por seu médico. Pacientes de alto risco, incluindo aquelas que apresentam múltiplas infecções e processos reativos e;ou inflamatórios acentuados devem ser acompanhados mais de perto.

Todas as mulheres com resultados anormais devem ter acompanhamento médico, mesmo se esta anormalidade compreender as “atipias de significado indeterminado” (ASCUS E AGUS). É de grande importância que as lesões suspeitas sejam biopsiadas e os sintomas suspeitos investigados, mesmo se o exame for negativo.

ADEQUAÇÃO DA AMOSTRA
EQUIPAMENTOS
EQUIPE DE TRABALHO
OBSERVAÇÕES OU RECOMENDAÇÕES
RECOMENDAÇÕES IMPORTANTES
RESULTADO DA CITOLOGIA CÉRVICO VAGINAL